sexta-feira, 22 de junho de 2012

Mais do que se tenta - dias atrás


Bucólico...
De mãos dadas, por um longo tempo, caminhamos com calma
Olhando e conversando sobre o que víamos:
Pessoas más, coisas belas e sujas, nossos interesses.

Melancólico...
Nossas mãos se desprenderam, por pouco tempo, corremos pela pressa
Não vimos mais nada;
Não sabemos mais quem é quem e o que interessa - fora o nosso bem comum.

Psicóticos...
Todos nós somos;
Assim como BABACAS que se iludem pela grandeza;
Por fugir e deixar fugir, imaginar que possuímos, quando na verdade,
compartilhamos a nossa volta pra casa.
E procuramos a prova antes do crime porque é mais fácil para o coração
- que deveria ser arrancado do peito de fato, não só como metáfora de paixões.

E o sonho se foi...
Quando não mais se dorme;
Em paz nem mais os outros nos dizem quando tudo vai passar.
Puro egoísmo atrelado aos sentimentos e caminhos:
Escalamos as pequenas pedras que jogamos um no outro - sem chegar do outro lado.






A.A>

Nenhum comentário:

Postar um comentário