sábado, 29 de outubro de 2011

Quase sem 'Adágio'

Um piano;

Metáfora de solidão

Não se toca só,

Os olhares ‘black Tie’

Expressão a longitude

Algo que pode cansar

O que não se deve tentar

Sem lógica de coragem

Angústia

Impessoalidade

Força

Sentido

Sentimento

Amor

Transparência

E... Toque!


Não são as mãos

Que vestem as expressões

Nem é a mente suja

Pouco

Descoberta

Talvez, não seja o corpo

Quem sabe,

Realmente,

Seja a alma

Que sinta

E toque

A melodia

Mais triste

Que é a saudade.



A.A>

Nenhum comentário:

Postar um comentário