sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O mundo inteiro

à uma quadra e a bilhões de segundos de distância...
Poucos quilometros e milhares de lembranças...
Nada disso significa nada
O poste ainda ilumina sua angustia
Enquanto eu, sinto náuseas.
Qualquer saudade só morre com a vida.


A.A>

Nenhum comentário:

Postar um comentário