segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Partículas de pesames particulares

Um dia
quando for necessário
contem à meu pai que eu fui um herói:

um ‘super-homem’ Nietzschiano
que morreu por suas emoções contraditórias;

um melancólico Freudiano
que lutou e esteve de luto por objeto algum;

um deus menosprezado por admirações
ou apenas mais uma criança que se foi
em rumo ao eterno sentido de sentir mais nada

A.A>

Nenhum comentário:

Postar um comentário